Há 64 mil licenciados no desemprego em Portugal

Há 64 mil licenciados no desemprego em Portugal

O número de diplomados desempregados subiu 16% em 2010. Mas pior que a situação actual é não haver perspectivas de melhorias num futuro próximo.

Em 2009, os licenciados no desemprego eram cerca de 55 mil. No ano passado, chegaram perto dos 64 mil. Num ano em que a economia esteve a recuperar da recessão mundial e até superou todas as previsões de crescimento, os licenciados passaram a representar mais de 10% do total de desempregados. É o resultado de um Portugal que nunca teve tantos jovens qualificados, nem tão poucas oportunidades para lhes dar.

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), a economia portuguesa terminou 2010 com 63.800 licenciados no desemprego.

O número representa uma subida de 16% face ao ano anterior e 10,6% do total de desempregados no país – de acordo com o INE, Portugal terminou o ano passado com 602.600 pessoas no desemprego. Mais: o aumento do ano passado interrompeu uma tímida recuperação verificada em 2008 e 2009 – anos em que o desemprego entre os diplomados recuou.

Fonte: Económico


 

No comments yet.

Deixar uma resposta